Laboratório de Fisiologia do Parasitismo

Apresentação

Responsável: Prof. Dr. Mário Lúcio Vilela de Resende

O Laboratório de Fisiologia do Parasitismo atualmente conta com a área física de duas salas e tem a sua disposição duas casas de vegetação, uma câmara de crescimento com condições controladas (temperatura, umidade relativa e luminosidade) do tipo fitotron e uma câmara climatizada para o desenvolvimento de pesquisas nesta área do conhecimento. No laboratório desenvolvem-se análises bioquímicas envolvendo cromatografia (análises de compostos de defesa do metabolismo secundário das plantas) e espectrofotometria (análises de radicais livres e de proteínas relacionadas à defesa das plantas). Também são realizadas análises moleculares como da expressão de genes relacionados à defesa de plantas à patógenos. O laboratório conta com equipamentos relacionados a estas técnicas, como capelas de exaustão, evaporador rotativo, aparelho com luz U.V., BOD´s, moinho desintegrador, ultra freezer (-80 °C), freezers horizontal e vertical (-20 °C), liofilizadores, centrífuga refrigerada, banhos Maria, estufa, microondas, espectofotômetro de microplacas com temperatura controlada, câmara de fluxo laminar, shakers, agitadores, termociclador, cubas de eletroforese horizontais e verticais, microscópio, lupa, clorofilômetro, aparelho medidor de fotossíntese Irga, dentre outros equipamentos. Esse laboratório conta com apoio considerável de recursos de vários projetos que dá suporte às pesquisas.

Fotos